“A Receita Federal do Brasil, iniciou nesse ano o Projeto Malha Fiscal da Pessoa Jurídica, com foco em sonegação fiscal relativa à Contribuição Previdenciária. A estimativa é de que mais de 14 mil empresas serão alertadas por meio de cartas enviadas pela Subsecretaria de Fiscalização. Segundo a Receita, o objetivo é informar às empresas quais diferenças em valores declarados acarretaram sua inclusão na malha. Com a identificação do erro nas informações ou do tributo pago a menor, o contribuinte terá a possibilidade de se autorregularizar até o começo do procedimento fiscal, que está previsto para junho deste ano.

Informamos que as empresas que ainda não foram intimadas, mas querem conferir sua situação, podem acessar o próprio site da RFB (www.rfb.gov.br), e ao identificarem equívoco na prestação de informações à Receita Federal, podem espontaneamente promover a autorregularização e, assim, evitar as autuações com multas que podem chegar a 225%, além de representação ao Ministério Público Federal por crimes de sonegação fiscal.

Se sua empresa recebeu a carta da Receita Federal ou, caso não tenha recebido, deseja conferir sua situação, a AG Capital está à disposição para lhe auxiliar. Podemos executar todos os procedimentos necessários, retificando os arquivos e instruindo sua equipe para evitar esse tipo de situação no futuro. Nossa especialidade no assunto garante que nossos clientes estejam sempre em conformidade, evitando essas surpresas e outros problemas que podem decorrer de uma irregularidade.

Fonte: Receita Federal do Brasil : http://idg.receita.fazenda.gov.br